segunda-feira, 9 de março de 2009

Pessoas novas e novas pessoas

Tem sido muito divertido. Ultimamente, tenho deixada a porta aberta para permitir novas pessoas entrarem na minha vida. Coincidência ou não, a maioria delas são pessoas novas. Novas em idade, mas não em maturidade. Afinal, a idade está na cabeça.

Conversar sobre vida, profissão, cerveja e cigarros consumindo cerveja e cigarros tem sido uma fonte da juventude para mim. Passei a tarde fazendo isso. E foi ótimo.

São Paulo é realmente uma cidade ingrata. Em outro lugar, fazer isso talvez seja bem mais difícil. Mas, suportar os malefícios da capital também tem sido difícil. Se não estivesse preso a minha fonte de renda, como estou agora, já teria abandonado o barco e caído fora desta insanidade.

Ao mesmo tempo, são as pequenas coisas que trazem os prazeres e me fazem querer ficar.

Passamos seis horas sentados ao redor de um mesa dobrável de metal. Sacam? Aquela de boteco. Em certo momento, percebi um detalhe na fachada do prédio ao lado que me chamou muito a atenção. Deixo a imagem para ponderações.

Boa semana.

Nenhum comentário: