quinta-feira, 11 de setembro de 2008

A medida da tranquilidade


Está no ar o novo trailer de Quantum of Solace, novo filme de James Bond. O video nem terminou de carregar e eu não consegui me conter em escrever este post.

Com Sean Connery, James Bond era sofisticado, sexy e glamuroso. Com Roger Moore, Bond virou sinônimo de pastelão e de piadas sem graça. Timothy Dalton fez um ótimo trabalho, mas ainda com um pé firme nas bobagens de Moore, durou pouco. Pierce Brosnan, o pior de todos, fez um pot-pourri confuso e imprevisível, tirando minha crença total na série. 

Os produtores de Bond tem muito o que agradecer à franquia Bourne pela revitalização da série. Com uma visão totalmente realista e factível, a trilogia Bourne mostrou como ainda é possível fazer filmes de espionagem que contagiam platéias novas e antigas.

A abordagem levemente surrealista, mas totalmente enraizada no Século XXI, de Cassino Royale provou que James Bond não morreu e que Daniel Craig é o perfeito ator para representá-lo nas telas. Felizmente, a franquia Bond ainda causa fascínio nas pessoas e geram desejo em grandes diretores como Stephen Spielberg e Fernando Meireles de participarem desta história.

Esta nova película foi dirigida pelo suíço/alemão Mark Forster, mais conhecido por seu trabalho em A Última Ceia, Em Busca da Terra do Nunca e, mais recentemente, O Caçador de Pipas

Um visionário diretor dramático no leme de um filme de ação. Mal posso esperar.

Nenhum comentário: