sexta-feira, 18 de abril de 2008

Cinema é Linguagem


Não demorou muito para eu entender isso. Depois, tudo faz sentido. 

Este é o trailer de um filme chamado Falsa Loura. Parece que estou assistindo uma novela. A câmera sempre parada e os atores muito bem posicionados na cena, todos a 45º da tela, passando o diálogo como uma peça de teatro, um de cada vez, todos na mesma entonação. Não consegui nem assistir o trailer até o final. 

Boring...

Daí pergunto: será que as pessoas que fizeram este filme já viram algum filme na vida? Qualquer filme serve. Ou mesmo um trailer de um filme?

Digamos que mesmo que tenham um repertório de muitos e muitos filmes assistidos, eles tenham escolhido propositadamente usar uma linguagem de telenovela, com qual propósito isso é feito? Será que pensam que o público brasileiro que estaria interessado em ir no cinema e ver este trabalho não consegue perceber esta diferença?

Nem me digam que cinema brasileiro é isto, porque já vi Cidade de Deus, Terra Estrangeira, Meu Nome Não é Johnny e eles não são isso. Muito pelo contrário, são exatamente como devem ser. Filmes com linguagem de cinema.

A propósito, trailers têm 2'30" de duração, e não cinco.

Nenhum comentário: