quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

"Façam arte!"


Assim terminou o discurso de agradecimento de Glen Hansard ao ganhar o Oscar de melhor canção junto com Marketa Iglova para "Falling Slowly", tema do filme Once.

Ainda inédito no Brasil, o filme conta a história de um rapaz, simplesmente chamado de "rapaz", e uma moça, simplesmente chamada de "moça", que se conhecem nas ruas de Dublin. Ele conserta aspiradores de pó e toca violão nas ruas para ganhar mais uns trocados. Ela é imigrante tcheca e tenta fazer a vida num País desconhecido, acompanhada da mãe e da filha pequena. Apesar de serem totais desconhecidos, são aproximados por uma paixão em comum: a música.

O filme foi feito por aproximadamente € 100.000 em 17 dias e ganhou grande apoio do público e crítica ao redor do mundo. Consegui assistí-lo no novo sistema de locação do iTunes, e realmente é um doce.

Os atores são músicos de verdade e escreveram todas as músicas que são tocadas por eles mesmos no filme. Com minhas experiências musicais recentes, posso comprovar que as emoções vividas no filme são muito reais.
 
A vontade incontrolável de fazer música eternamente. A emoção sentir a cumplicidade dos companheiros de tocar uma música juntos pela primeira vez. Gravar e ouvir o próprio instrumento. A busca pelo respeito dos ouvintes, mais do que o sucesso ou o dinheiro.

Assitam a belíssima performance da canção em um arranjo com orquestra no Oscar, apresentada por um emocionado Collin Farrell. O violão detonado do Glen é o mesmo usado no filme. Amei o detalhe. :-)

Nenhum comentário: