domingo, 11 de novembro de 2007

Acústico independente


Gostando ou não de Radiohead, eles chamaram a atenção do mundo por lançar o seu novo álbum, In Rainbows,  de forma independente e pelo preço que o consumidor quiser pagar. Muitos o acharam o melhor de sua carreira, outros nem tanto. Faço parte do segundo grupo. 

Mas ouvir Faust Arp, faixa seis, acústica no topo de uma colina é uma coisa de outro mundo. A voz maravilhosa (mas às vezes horrível) de Thom faz a letra sair como um fluxo de pensamento delicadamente guiado pela melodia do violão do Jonny.

Não quero morrer antes de ver o Radiohead ao vivo.

O vídeo faz parte de um webcast transmitido na última sexta pelo site da banda, que foi totalmente recortado e espalhado pelo YouTube.


Wakey wakey

rise and shine

it's on again, off again, on again

watch me fall

like dominos

in pretty patterns

fingers in the blackbird pie

I'm tingling, tingling, tingling

it's what you feel now

what you ought to, what you ought to

reasonable and sensible

dead from the neck up

because I'm stuffed, stuffed, stuffed

we thought you had it in you

but no, no, no

for no real reason


Squeeze the tubes and empty bottles

and take a bow, take a bow, take a bow

it's what you feel now

what you ought to, what you ought to

an elephant that's in the room is

tumbling, tumbling, tumbling

in duplicate and triplicate and 

plastic bags and

duplicate and triplicate

dead from the neck up

I guess I'm stuffed, stuffed, stuffed

we thought you had it in you

but no, no, no

exactly where do you get off

is enough, is enough

I love you but enough is enough, enough

a last stop

there's no real reason


You've got a head full of feathers

you got melted to butter

Nenhum comentário: