terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Set the controls for the heart of the sun


Mais uma vez a Apple muda a história da tecnologia com a apresentação do iPhone. Pode jogar todos os outros smartphones no lixo. Esta tecnologia é realmente smart. Controles totalmente intuitivos com gráficos lindos, maravilhosos, de cair o queixo. Funções de iPod, telefone e PDA em um único pacote com tecnologia revolucionária de baixo do capô: acelerômetro, sensor de presença e iluminação, tela multi-touch que reconhece gestos de dois dedos.

Como sempre, a Apple não dá ponto sem nó. Pesquisa, muita pesquisa, foi usada no desenvolvimento deste produto. Mais de 200 patentes. Isso é suficiente para invejar qualquer outra companhia, e nem precisa estar envolvida em tecnologia. Revolução total.

No entanto é mais fácil ver do que ler. Portanto, sugiro que entrem no site e presenciem a demonstração o aparelhinho.

No final de tudo, creio que isso é somente uma pequena amostra do que esta por vir. Não é muito difícil imaginar este tipo de tecnologia em um Mac. E quando isso acontecer, vai existir um abismo de diferença entre ter um Mac e ter um computador qualquer.

Portanto Apple, programe os controles para o centro do Sol de dirija-nos para o futuro. Estou contigo e não abro.


Little by little the night turns around.

Counting the leaves which tremble at dawn.

Lotuses lean on each other in yearning.

Under the eaves the swallow is resting.

Set the controls for the heart of the sun.

Over the mountain watching the watcher.

Breaking the darkness

Waking the grapevine.

One inch of love is one inch of shadow

Love is the shadow that ripens the wine.

Set the controls for the heart of the sun.

The heart of the sun, the heart of the sun.

Witness the man who raves at the wall

Making the shape of his questions to Heaven.

Whether the sun will fall in the evening

Will he remember the lesson of giving?

Set the controls for the heart of the sun.

The heart of the sun, the heart of the sun.

-Pink Floyd


P.S: Aproveitem e leiam a resenha/”cantada de bola” que fiz do Nokia 6600 em setembro de 2005. Muito instrutiva para o assunto presente.

Nenhum comentário: