domingo, 18 de dezembro de 2005

Merry Xmas!

Depois de um grande sumiço, muitas novidades:

King Kong Simplesmente fantástico! Peter Jackson está se tornando definitivamente o "diretor-dos-filmes-de-três-horas". Mas como os filmes de "O Senhor dos Anéis", ele é um passeio de montanha russa de três horas. O macaco digital gigante consegue passar emoções como um cachorrinho solitário procurando um dono para brincar. As mulheres gostaram muito. Ouvi algumas saindo do cinema dizendo: "quero um King Kong para mim". Impossível não se emocionar ou se divertir.

Presentes para 2006:

Código DaVinci O trailer já está disponível. Ron Howard dirigindo Tom Hanks, Sir Ian McKellen, Jean Reno, Andrey Tautou e Alfred Molina. Sucesso na certa.

Superman Returns Brian Singer abriu mão da direção do novo X-Men para dirigir o retorno do homem-de-aço. Trailer também disponível.

Carros Última parceria da Pixar com a Disney. Novo trailer acabou de sair. Antes dele, estava sendo difícil imaginar um filme de sucesso sobre carros animados. Consegui reconhecer a voz de George Carlin, um dos meus comediantes favoritos, fazendo o papel de uma Kombi ex-hippie. Agora parece fazer tanto sentido quanto um filme sobre peixes ou formigas.

X3 Como já havia dito, o novo diretor, Brett Ratner (A Hora do Rush 1,2 e Dragão Vermelho) tem uma grande responsabilidade de manter o padrão de excelência estabelecido pelo Brian Singer. Pelo novo teaser, acho que vai conseguir.

Munique Spielberg novamente toca nas suas raizes judaicas neste seu novo filme sobre a batalha entre judeus e palestinos. O australiano Eric Bana e o francês Matthieu Kassovitz encabeçam o elenco miscigenado como assassinos judeus planejando um atentado contra o grupo palestino responsável pela morte de atletas judeus nas olímpiadas de Munique.

The Fountain Em 1000 anos de história, três narrativas paralelas contam o relacionamento de Hugh Jackman e Rachel Weisz. O aclamado cineasta Darren Aronofsky, de π (pi) e Requiem para um Sonho, volta para impressionar as platéias mais uma vez.

Confetti Falso documentário inglês, nas linhas de The Office, mostra o dia-a-dia de três casais e seus preparativos de casamento para o concurso de uma revista matrimonial. A diretora Debbie Isitt criou um storyline e deu total liberdade para os casais de atores improvisarem.

Hostel Fans de Jogos Mortais praparem-se! Imagine um local onde pode-se alugar o espaço e as ferramentas para punir, torturar ou até matar as pessoas que você mais odeia no mundo. Uma produção de Quentin Tarantino baseada em fatos reais. Creepy.

Zathura Jumanji no espaço sideral. De repente, volto a ter 16 anos.

Posseidon Uma onda gigante vira um trans-atlantico de ponta-cabeça durante as comemorações de ano novo nesta refilmagem do clássico-catástrofe O Destino do Posseidon. Com os sumidos Kurt Russell e Richard Dreyfuss. O Leslie Nielsen não participa desta versão. :-)

E finalmente:

Silent Hill Depois de muitas especulações e boatos, a estréia já está confirmada para o transposição ao cinema do meu jogo de terror favorito. Se contarmos com a capacidade da equipe, promete ser um sucesso. Roteiro de Roger Avery, colaborador de longa data de Quentin Tarantino e diretor de Regras da Atração. Direção de Christophe Gans, o visionário por tráz de O Pacto dos Lobos. O que é mais importante, ambos são fanáticos pelo jogo. A Sony Pictures colocou até um concurso para criação do poster oficial. O trailer oficial ainda não está disponível, mas pelas imagens disponibilizadas no site, me parece que conseguiram recriar o feeling geral do jogo, um desafio por sí só. Me parece também que contrataram o compositor e desenhista de som do jogo, Akira Yamaoka, responsável por 50% do sucesso dos jogos.
A história é levemente baseada na principal trama da série. O espectador nem os protagonistas sabem se a cidade de Silent Hill e seus moradores enigmáticos e aterradores são reais ou produtos das profundesas obscuras dos seus subconcientes. O jogo em sí é baseado nos trabalhos de David Lynch e de outros cineastas com gostos pelo bizarro e pelo enigmático. Não vejo a hora... principalmente porque não tive coragem de terminar o último jogo.

Todos os trailers podem ser vistos aqui.

Boas festas e boas renovações. Vejo vocês no cinema.

Nenhum comentário: